Tornando-se um médico de valor

Como o profissional de medicina pode ser valorizado? Esta pergunta ecoa por diversas mentes médicas e a esmagadora maioria não sabe a resposta.

Você tem medo de ser desvalorizado? Já sentiu que está parado no tempo? Você já se deparou com o ambiente caótico do SUS, cuja situação foge totalmente do seu controle?

Neste artigo eu lhe mostrarei três poderosos passos para não ficar para trás no mercado de trabalho médico.

Fuja da manada

 A maioria dos médicos diz que as principais causas para a desvalorização é a falta de especialização e atualização.

Já dizia o grande Mark Twain: “Toda vez que você se encontrar do lado da maioria, é hora de parar e refletir.”

Um dos fatores cruciais para a desvalorização do médico é a falta de segurança e certeza, na hora de tomar decisões a longo prazo. A maioria dos médicos nem sequer pensa a respeito.

Por isso você deve fugir da manada. Comece a rever suas decisões. Veja o que deu errado e também o que pode ser mudado.

Elabore um plano de carreira sólido

 Se você pensa que, apenas por ser médico, sua vida estará garantida, perdoe-me, você está equivocado.

O planejamento é a base de toda carreira profissional. Você tem um plano de carreira? Como você se vê daqui a 5 anos?

A única forma de prever o futuro é construindo-o HOJE.

Elabore um plano de carreira sólido, contendo suas metas, desafios, sonhos, medos e obstáculos.

Agora você pensará em uma forma de atingir tais metas, desafios e sonhos, além de superar os medos e obstáculos.

O fator mais importante deste passo é que, através dele, você terá mais controle sobre si mesmo e consequentemente sobre o seu próprio futuro, uma vez que você tem o poder de escolher seus próprios caminhos.

Descubra por que você é médico

 A vida é cheia de adversidades, em todas as áreas. Quais os obstáculos que você está enfrentando hoje?

O SUS está prejudicando a sua vida? Não consegue ter uma base sólida de clientes? Quais atitudes você toma para enfrentar essas adversidades?

São inúmeros os problemas que os médicos enfrentam. E o pior, as pessoas acham que a vida deles já está garantida, sem esforço algum.

O erro de muitos médicos é não compreender o valor de sua própria missão.

Uma vez descoberta a verdadeira razão da escolha de ser médico, você passa a entender que as oportunidades para mudar a sua vida e a dos outros aumentam.

A única forma para descobrir tal razão é observando a atitude que você toma diante do sofrimento. O que te motiva a continuar, mesmo com o sofrimento e as adversidades presentes?

Esta força motivadora precisa ser renovada todos os dias. Por que você é médico? Basta responder a esta pergunta.

Se este texto impactou sua forma de pensar, compartilhe com mais colegas e inscreva-se abaixo para receber mais conteúdo em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *